Santo Cristo dos Milagres

 

 Igreja de Santo Crito dos Milagres, Ponta Delgada, São Miguel, Açores

Santo Cristo dos Milagres é uma peça de arte sacra do Convento de Nossa Senhora da Esperança na cidade de Ponta Delgada, São Miguel, Açores. Trata-se de uma imagem entalhada em madeira representando ECCE HOMO, Cristo apresentado à multidão, na varanda do Pretório, após a flagelação. A imagem contrasta claramente a violência sofrida por Cristo com a serenidade do Seu rosto.

O Vaticano ofereceu a imagem a duas irmãs que se deslocaram a Roma na primeira metade do século XVI para obterem autorização para o primeiro convento da ilha de São Miguel no sítio da Caloura. Um grupo de irmãs instalou-se em 1541 no Convento da Esperança, em Ponta Delgada, porque o Convento da Caloura estava muito exposto aos ataques de piratas abundantes no mar açoreano. A Madre Inês de Santa Iria, oriunda da Galiza, integrou o grupo e trouxe a imagem de “Ecce Homo”.

O culto ao Senhor Santo Cristo dos Milagres desenvolveu-se nos séculos XVII e XVIII.  A irmã Teresa da Anunciada entrou para o Convento da Esperança no século XVII, e desenvolveu profunda devoção e entrega à antiga imagem do “Ecce Homo”. Teresa da Anunciada esforçou-ses para engrandecer a imagem, e conseguiu que se erigisse uma capela condigna para a imagem, que foi ornada com todas as insígnias próprias de majestade. Teve o apoio do Rei Pedro II de Portugal e de crentes de todo o território incluindo as colónias.   Essa capela  já não existe, e a atual foi mandada erguer posteriormente, sendo benzida a 5 de março de 1771.  A imagem encontra-se guardada numa capela do convento, oposta ao altar-mor da igreja, separada da nave por um gradeamento.  O artigo Imagem de Santo Cristo dos Milagres apresenta uma fotografia da imagem.

A primeira procissão em homenagem ao Senhor Santo Cristo realizou-se por iniciativa da irmã Anunciada, com o apoio da população da ilha, na sequência de uma crise sísmica prolongada. Quando a imagem surgiu à porta da igreja o povo comoveu-se e a crise sísmica parou. A procissão tem occorrido anualmente com raras excepções por motivos meteorológicos.  As festas de Santo Cristo dos Milagres realizam-se nos dias próximos do quinto domingo após a Páscoa, dia da grande procissão, constituem a maior e mais antiga devoção portuguesa  atraindo anualmente milhares de açorianos e seus descendentes, principalmente dos Estados Unidos e Canadá.

O tesouro do Santo Cristo dos Milagres inclui um vasto conjunto de joalharia e ourivesaria que adornam a imagem, e múltiplas capas decoradas com fios de ouro e prata e adornadas com inúmeras jóias. Trata-se de um dos maiores tesouros da Península Ibérica acumulado ao longo dos séculos, com donativos do povo, da nobreza e do Governo Português, frequentemente em cumprimento de promessas.

Advertisements
This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.

One Response to Santo Cristo dos Milagres

  1. Leonore says:

    Here are 5 ways blogging sites that offer a broader
    range of ‘relevant’ topics can be of benefit to both
    the readers and blogger as well. Naturally this kind of quality and ease of use software comes at a heftier price than some of
    the other options, but you’ll be virtually limitless to what you can do.

Comments are closed.