Alma: Tabernáculo do Espírito Santo

Nascemos com um corpo mortal, sujeito à corrupção do túmulo, e uma alma imortal, projetada para tornar-se um Tabernáculo do Espírito Santo no Batismo; portanto, tornamo-nos corpo, alma e Espírito Santo. Ironicamente, geralmente preocupamo-nos mais com o corpo do que com a alma. É obra-prima do Pai Todo-Poderoso, porque Ele nos criou com amor infinito à sua própria imagem e semelhança, para sermos Seus filhos e herdarmos o Seu Reino.  O amor de Deus também é imutável. Ao nascer, Deus dá-nos um anjo da guarda para defender-nos contra todos os perigos. O anjo nunca nos abandona e obtém para nós abundante Graça.

O Conselheiro entra na alma para lá permanecer para sempre. Ele só nos deixa se cometermos um pecado mortal, e depois Satanás apodera-se da alma. Devemos expulsá-lo o mais cedo possível através da Penitência, para que o Espírito Santo penetre na nossa alma e restaure a sua glória. Tornamo-nos novamente Tabernáculo do Espírito Santo para a eternidade.

O Consolador está pessoalmente na nossa alma, como está no céu, para derramar os Seus dons se correspondermos ao Seu amor. Os dons produzem frutos, se nos rendermos ao Espírito de Deus. O artigo Dons e Frutos do Espírito Santo introduz o Seu Poder. A presença do Espírito Santo nas nossas almas é ainda mais surpreendente do que a presença de Cristo na Eucaristia, porque acabará no último dia enquanto o Espírito Santo permanecerá eternamente nas nossas almas.

“Não sabeis que sois templos de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1 Coríntios 3:16)

“Não sabeis, porventura, que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, que recebeste de Deus, e que não vos pertenceis a vós mesmos?” (1 Coríntios 6:19)

“E Eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador, para estar convosco para sempre, o Espírito da Verdade que o mundo não pode receber, porque não O vê nem conhece, mas que vós conheceis porque habita convosco e está em vós.” (João 14:16-17)

Advertisements
This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.