Deus Enviou-me à Confissão

Cheguei aos Estados Unidos em Junho de 1976, aos 21 anos de idade, e procurei receber regularmente o sacramento da Penitência. Interroguei-me se era o único pecador da paróquia, porque era muitas vezes o único penitente, e infelizmente durante algum tempo procurei irregularmente o sacramento da misericórdia de Deus.

Em 27 de Maio de 2012, Domingo do Espírito Santo, o cego e idoso Pe Patrick Martin visitou a nossa paróquia para anunciar uma missão na paróquia irmã de Santo António em North Providence, RI. O Pai Celestial, em seguida, deu-me uma mensagem clara e inequívoca: “Vai e confessa os teus pecados ao Padre Patrick porque eu quero perdoar-te e abençoar-te.” A bênção ressoou e surpreendeu-me … Admiti que o Pai Celestial queria perdoar-me, mas a Sua chamada surpreendeu-me e a Sua bênção intrigou-me, pois pensei humildemente ser indigno do amor infinito do Pai Celestial.

“Deus é Amor” foi o tema da missão do Padre Patrick que participei e procurei a Penitência. O confessor orientou-me apropriadamente antes me absolver todos os pecados da vida. O Pai Celestial pretendia dar-me uma missão sob os auspícios do Espírito Santo narrada pelo artigo Diálogo com o Espírito Santo.  Cristo confirmou a missão segundo o artigo Não Tenhas Receio.

Satanás odiou as interações com a Santíssima Trindade e pretendeu arruinar o meu blog e tornar-me num falso profeta perante os meus leitores. Alguns católicos ajudaram-me e o Espírito Santo tem agraciado-me com Conhecimento e Sabedoria para cumprir a minha missão.

Advertisements
This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.