Um Paradigma Novo

 

Apresento “O Coral de Santa Catarina” da minha freguesia em Portugal, Castelo Branco da Ilha do Faial, nos Açores, interpretando um programa de Natal. Estou orgulhoso da minha freguesia com aproximadamente 1.500 habitantes por ter desenvolvido um coro de calibre que participa em missas solenes e concertos em Portugal.

______________________________________________________________

A pesquia realizada pelo “Dynamic Catholic Institute” sugere que a Igreja Católica não pode ligar o Evangelho à vida dos Católicos. Precisamos de ligar a vida e os ensinamentos de Cristo com a vida real no século XXI.

Mais de 50% das populações das igrejas sem denominação são ex-católicos, e muitas das igrejas são enormes. Milhões de ex-católicos reúnem-se nas ao Domingo, porque eles se sentem bem-vindos, experimentam um sentido de comunidade, a mensagem aponta para os problemas reais das suas vidas, e são dirigidos continuamente de maneiras práticas para crescer espiritualmente.

Os Católicos típicos avaliam a experiência da Missa pela qualidade da música e da homilia. Então, deveríamos tomar uma iniciativa concentrada para melhorar a qualidade de ambas para evitar a drenagem dos Católicos.

Existem excelência e sucesso na Igreja Católica, e deveríamos partilhar as melhores práticas em colaboração inovadora. O Instituto Católico Dinâmico está desenvolvendo programas de classe mundial para a administração dos sacramentos, por exemplo o Batismo e a Confirmação, a Quaresma e Advento.

Nenhuma paróquia na América tem recursos suficientes para desenvolver programas de excelência. Precisamos de procurar os melhores programas disponíveis, e reunir as melhores mentes para refinar e transmitir excelentes práticas a custo mínimo a todas as paróquias Americanas.  Necessitamos de um novo paradigma para uma Igreja vibrante, relevante e revigorada.

Advertisements
This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.